O futuro da manutenção: um guia para a indústria 4.0

A manutenção industrial é uma parte essencial de qualquer negócio. Um colapso pode ser catastrófico porque não envolve apenas um grande dispêndio de dinheiro; também vai interromper o processo de produção industrial, com todos os transtornos para sua empresa e clientes. Portanto, um plano detalhado de manutenção industrial é essencial para o sucesso do seu negócio.

O que é a indústria 4.0?

A indústria 4.0 é uma nova forma de fabricar bens. Com o desenvolvimento da tecnologia, a forma na qual as empresas produzem coisas foi evoluindo e agora os fabricantes tentam aproveitar ao máximo as suas equipes e pessoas.

Agora, os computadores estão conectados e se comunicam entre si o tempo todo. Os sistemas e tecnologias avançadas, combinadas com maior acesso a dados, tornam a Indústria 4.0 possível. Este nome é dado à tendência atual de automação e troca de dados em tecnologias industriais. Inclui a Internet das Coisas Industrial (IIoT), sensores sem fio, computação em nuvem, inteligência artificial (IA) e aprendizado automático.

Manutenção industrial na Indústria 4.0

A manutenção preditiva é considerada a mais avançada dos tipos de manutenção industrial devido a sua natureza preditiva. Não é necessário adivinhar as falhas que vão aparecer; mediante o uso de certos parâmetros objetivos, é possível medir as variações na forma em que o equipamento funciona e detectar irregularidades antes de que sejam convertidas em problemas maiores. Com um programa de manutenção preditiva, uma falha nunca vai te pegar de surpresa.

Manutenção preditiva na Indústria 4.0

A Indústria 4.0 é baseada no fato de que as máquinas já estão conectadas à Internet. Em outras palavras, cada parte do processo de produção industrial interage com as outras para se adaptar às circunstâncias e alcançar um desempenho ideal em todos os momentos. Isso significa que não é necessário realizar intervenções na máquina para poder fazer as medições desses parâmetros físicos; as máquinas já estão se comunicando umas com as outras. Essa é a grande vantagem da Manutenção Industrial 4.0.

O Maintenance 4.0 inclui uma visão holística das fontes de dados, formas de conexão, formas de coleta, formas de análise e ações recomendadas a serem tomadas para garantir que a função do ativo (confiabilidade) e o valor (gestão do ativo) sejam assistidos digitalmente.

O tipo mais adequado de manutenção industrial é a manutenção preditiva. Graças a algum software, você terá acesso a dados sobre o status de suas máquinas a qualquer momento. O sistema do computador o ajudará a prever problemas e decidir quando é o momento ideal para realizar um reparo ou substituição antes que ocorra uma avaria. Além disso, graças às particularidades da Indústria 4.0, o resto do seu maquinário será capaz de se adaptar às circunstâncias e atingir o desempenho ideal enquanto algumas peças estão em reparo.

Componentes chave da Indústria 4.0

A seguir, você encontrará uma breve descrição destes componentes chave:

Sistemas cibernéticos (CPS)

Um sistema físico cibernético é um sistema no qual existe uma cooperação entre um sistema de computador e máquinas físicas. O sistema de computador controla a máquina e recupera dados do sensor ou outro status.

Inteligência Artificial

Inteligência Artificial é um amplo ramo da computação que lida com a construção de máquinas inteligentes, capazes de realizar tarefas que normalmente requerem trabalho humano. Com essas tecnologias, os computadores podem realizar tarefas específicas, processando grandes quantidades de dados e reconhecendo-os como padrões.

Aprendizagem automática (ML)

O aprendizado automático está ensinando um computador a aprender a encontrar padrões em uma grande quantidade de dados e a tirar conclusões com base nesses padrões. É uma maneira mais rápida de descobrir novos insights que podem ser usados ​​para melhorar os processos.

Internet Industrial das Coisas (IIoT)

A IoT industrial conecta máquinas, dados e pessoas. Primeiro, ele pega uma rede de dispositivos industriais, como sensores e software de manutenção, e permite que eles compartilhem informações entre si. Isso fornece uma plataforma para rastrear, coletar, trocar, acessar e analisar uma grande quantidade de dados com mais eficiência. Os insights obtidos com esses dados são usados ​​para melhorar os procedimentos de fabricação.

A IoT fornece acessibilidade a diferentes sistemas para que você não precise coletar dados de várias fontes separadamente e tentar se conectar e dar sentido a eles.

Internet de serviços (IoS)

As previsões meteorológicas online feitas por meteorologistas conceituados são apenas um exemplo de serviço prestado pela Internet. A ideia por trás da “Internet de serviços” é que um sistema deve ser capaz de entrar online para usar os serviços. Isso requer que os serviços sejam desenvolvidos com foco na interoperabilidade, ou seja, que o serviço seja estruturado de forma que possa ser facilmente utilizado por outros sistemas. Também requer que os serviços sejam configurados com um sistema de acesso que permita que usuários qualificados os utilizem.

Definitivamente, Internet dos serviços e Internet das coisas são dois conceitos básicos que devem ser implementados nas fábricas como condição prévia para a fábrica inteligente do futuro.

Big Data

Big Data descreve a enorme quantidade de informações que você pode coletar, analisar e usar para encontrar tendências e associações na maneira como vivemos. O Big Data é frequentemente caracterizado pela forma como os dados são usados, sua capacidade de determinar causas e efeitos e suas implicações para a tomada de decisões.

Quando os fabricantes obtêm e utilizam conhecimentos de Big Data, podem identificar as causas da ineficiência, reduzir os custos e otimizar os processos.

Como a manutenção é tratada na Indústria 4.0?

O gerenciamento de ativos mudará de muitas maneiras graças a Indústria 4.0, desde como os técnicos realizam as tarefas diárias até como os gerentes planejam e usam suas instalações.

A indústria 4.0 é muito extensa e inclui medições que abrangem toda a cadeia de valor de um produto, desde a IoT, no nível da fábrica, até as indústrias inteligentes no topo. Essas mudanças levarão tempo.

Para a maioria das empresas, o desafio será olhar para o que já possuem e, em seguida, fazer ajustes para aproveitar as novas tecnologias.

Fase de características do produto: o objetivo desta fase é equipar produtos (máquinas e componentes) com características da Indústria 4.0 para que o próprio produto possa gerar dados relativos ao seu estado e operação, processar esses dados no nível do produto e tomar as medidas necessárias.

Fase de análise de dados: o objetivo desta fase é extrair novos insights dos dados acumulados, aplicando a análise de dados ao fluxo de dados gerado por todos os elementos conectados. Isso fornece uma base útil para ajudar a desenvolver novos serviços.

Fase de novos serviços: O objetivo desta fase é apresentar serviços novos e úteis. Os conhecimentos adquiridos na fase anterior podem ser utilizados em novos serviços para clientes. Pode ser, por exemplo, um monitor de KPI ao vivo para fornecer informações úteis aos funcionários ou à gerência.

Manutenção e Indústria 4.0

A Indústria 4.0 é o objetivo de todos na área de manutenção industrial, mas chegar lá exige muito tempo, dinheiro e esforço. Integrar elementos da Indústria 4.0 em sua operação de manutenção não é uma questão de comprar uma nova tecnologia ou fazer algumas mudanças. Você deve dedicar algum tempo para implementar todas as ferramentas, processos e sistemas apropriados. Felizmente, neste momento, existem alguns passos que podem ser dados para avançar para a Indústria 4.0. Aqui, selecionamos alguns deles.

Dominar a manutenção preventiva

Os hábitos, processos e ferramentas de um programa de manutenção preventiva bem construída aumentam as possibilidades de realizar uma transição exitosa para a Indústria 4.0. Há alguns passos para criar um programa de manutenção preventiva sólida que cubra tudo, desde definir os seus objetivos até obter a tecnologia adequada e medir o seu sucesso. Este processo vai te ajudar a aperfeiçoar suas práticas de manutenção e vai proporcionar os conhecimentos necessários para criar e implementar uma estratégia para a Indústria 4.0 com menos esforço.

Coletar dados de boa qualidade

Os dados são a base da Indústria 4.0. A tecnologia avançada não pode fazer seu trabalho sem informações detalhadas e precisas. Ter dados de alta qualidade facilita o uso dos sistemas da Indústria 4.0 em todo o seu potencial. Portanto, agora é a hora de começar a construir esse inventário de inteligência.

Cria uma cultura de confiança

A indústria 4.0 é uma grande mudança, que envolve muitos aspectos. No entanto, a implementação de novas tecnologias começa com as pessoas. Além de um trabalho excepcional no treinamento e organização do pessoal de manutenção, você deve prepará-los para as mudanças que virão com os novos sistemas e processos. A melhor coisa que você pode fazer é começar agora a construir uma cultura de melhoria contínua em suas operações de trabalho.

O primeiro item da lista deve estabelecer princípios para apoiar as melhores práticas de manutenção. O próximo passo é criar procedimentos oficiais para todos os processos, desde ordens de serviço até compras, para reforçar os bons hábitos e garantir a integridade dos dados. Também é importante priorizar uma boa comunicação para construir confiança e responsabilidade. Por fim, é importante reconhecer e recompensar aqueles que adotam a mudança para que o restante da equipe se sinta motivado a aprender novas maneiras de fazer as coisas.

Conclusões

Desbloquear o verdadeiro potencial da Indústria 4.0 não será fácil para você e sua equipe de manutenção. Não se trata apenas de comprar um monte de novas tecnologias; trata-se de usar essas ferramentas para construir uma melhor organização de manutenção. Porém, adotar uma nova forma de planejar, finalizar e medir a manutenção é uma jornada que trará muitos benefícios para sua empresa. Perceber mudanças reais em sua estratégia de manutenção pode levar tempo, mas ajudará a capacitar sua equipe e realizar o incrível potencial da Indústria 4.0.

Assuma o controle de suas ordens de serviço

Com a plataforma nº 1 para digitalizar tarefas

Você pode gostar também

Visite-nos e junte-se à Revolução Digital com DataScope

Aprenda a abandonar o papel hoje mesmo!

Sobre o autor

Sandra M
Sandra M

Compartilhe Em

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no print
Compartilhar no email

Gostou deste artigo?

Assine nosso boletim informativo e enviaremos conteúdo como este diretamente para o seu e-mail, uma vez por mês com todas as novidades.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Digitalize suas
Ordens de Serviço

Elimine a papelada, automatize seus processos e mantenha o controle de seus dados.